Websites com publicações

INEP-Bissau Publicações

Repositorio do ISCTE-IUL: Guiné-Bissau

Contributo: estudos e pesquisas

CIDAC Catálogo Bibliográfico

Legis-PALOP:Legislação da Guiné Bissau

Repositório Científico de acesso aberto

Memoria de África Biblioteca Virtual

Boletim Cultural da Guiné Portuguesa onli

  • O Boletim Cultural da Guiné Portuguesa, “órgão de Informação e Cultura da Colónia”, foi criado pelo então Governador da Colónia, Sarmento Rodrigues, em 21 de Julho de 1945, conforme portaria publicada no primeiro volume. O Centro de Estudos da Guiné Portuguesa publicou durante 28 anos, entre 1946 e 1973, 110 números normais e um número especial do Boletim Cultural da Guiné Portuguesa. Esta obra é considerada pela generalidade dos investigadores como a melhor publicação científica de todas as ex-colónias portuguesas. Esta colecção de obras foi digitalizada e incorporada na Memória de África Digital com autorização do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa (INEP) da Guiné-Bissau, entidade que sucede ao Centro de Estudos da Guiné Portuguesa e, portanto, a actual detentora dos direitos sobre esta publicação

Monitoring Conflicts in Africa/Guinea-Bissau

Sol mansi bibliografia

Africa Bibliography Cambridge Journals Guinea-Bissau

British Library for Development Studies: Guinea-Bissau

Searchworks Stanford Education/ http://www-sul.stanford.edu/depts/ssrg/africa/guin-bis.html

FAO (1996) Rural women, population and development in Lusophone African countries – An annotated bibliography of selected literature in Portuguese Language 1991 – 1996, FAO

ILIS http://www.ilissafrica.de/en/vk/?q=guinea-bissau#vkCatHits-AiLiSs

NAI

Africa Focus Guinea Bissau http://www.africafocus.org/docs11/gb1106.php

African Activist Archive Project: colecção sobre a Guiné-Bissau 

Africabib: Guinea-Bissau

http://dgarq.gov.pt/files/2012/06/Alguns-fundos-e-documentos-relativo à Guiné-Bissau

Repositório Científico de Moçambique Saber

Biblioteca das Nações Unidas em Bissau

Eduardo Fernandes GUINÉ – BIBLIOGRAFIA (Abrangendo os séculos: XVI, XVII, XVIII, XIX e XX)