HENRIQUE ROSA: Esclarecimento do DC

HENRIQUE ROSA: Esclarecimento do DC

Hoje, recebi uma chamada telefónica onde alguém – perfeitamente identificado – me disse que o Henrique Pereira Rosa estava em estado crítico numa unidade hospitalar na cidade do Porto, em Portugal, onde está internado. Às 15:08h, actualizei o blog com esta NOTÍCIA. Pouco depois, lembrei-me de telefonar a alguém próximo do HPR. “Vou tentar saber e já te ligo de volta” – e assim foi. Passados pouco menos de dez minutos, esse alguém telefona e diz-me apenas: “Infelizmente, a notícia [da morte] é verdadeira”.

Voltei a actualizar o blog, ressalvando a fonte. Agora, recebi pelo menos duas chamadas a dizer que, afinal, o Henrique Pereira Rosa não morreu. “Está mal, mas vivo” – garantiu-me alguém que me disse ter falado com um dos filhos “há menos de dez minutos. O Henrique Rosa até ficou chateado com a derrota [ontem] do SL Benfica”. Fiquei aliviado, para vos ser sincero, pois nunca desejei a morte de quem quer que fosse.

Lamento, e peço publicamente desculpas à família do Henrique Pereira Rosa, e aos seguidores e leitores do blog Ditadura do Consenso. E faço votos para que recupere rapidamente.

Fiz bem? Fiz mal em publicar a notícia? É díficil eu fazer o papel de juíz e de carrasco ao mesmo tempo, mas não tinha dúvidas quando a publiquei: é que a minha fonte não tinha motivos nenhuns para me dar a notícia de uma morte, seja de quem fosse, se não tivesse a plena certeza, e muito menos de um familiar que, de resto, visitava no hospital.

António Aly Silva

via Ditadura do Consenso.

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s