Bissau Digital | Guiné-Bissau: UM responsabiliza PAIGC e PRS pelo impasse político

Bissau – A União para a Mudança (UM), partido político na oposição, responsabilizou, esta segunda-feira, 6 de Maio, o Partido Africano da

Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) e o Partido da Renovação Social (PRS) pelo impasse político a que se assiste na Assembleia Nacional Popular (ANP).

Em conferência de imprensa, a UM disse que esta situação pode conduzir o país a uma nova derrapagem, com consequências imprevisíveis, e à continuação do bloqueio por parte da comunidade internacional e parceiros de desenvolvimento.

Sem apontar nenhum partido em concreto, a UM indicou que existem algumas forças políticas que pretendem perpetuar-se de forma ilegítima no poder, dado os efeitos prejudiciais da actual situação política na plena campanha de comercialização de caju.

A UM apelou ao Presidente de transição no sentido de assumir as suas responsabilidades, agindo em conformidade com as propostas de uma agenda da segunda fase de transição política inclusiva, anteriormente apresenta pela UM de forma a tirar o país da presente situação.

Entretanto, Manuel Serifo Nhamadjo iniciou, esta segunda-feira, audiências com formações políticas do país. A primeira delegação recebida foi a do PAIGC, partido liderado pelo Manuel Saturnino Costa, Primeiro vice-Presidente do partido.

(c) PNN Portuguese News Network

2013-05-07 11:42:01

via Bissau Digital | Notícias em Tempo Real.

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s