Presidente da CNE da Guiné Bissau apresenta demissão – Guiné-Bissau – RFI

Atualizado em 04 de Janeiro de 2013

Liliana Henriques/RFI

O presidente da Comissão Nacional de Eleições-CNE- da Guiné-Bissau apresentou a demissão nesta sexta-feira afirmando que a sua nomeação poder pôr em causa a “desenhada estabilidade e paz” no país.

Rui Nené havia sido empossado no cargo de presidente da Comissão Nacional de Eleições no passado dia 13 de Dezembro. Na altura, o seu nome foi questionado por pequenos partidos que criticaram também a escolha do juiz conselheiro do Supremo Tribunal da Justiça.

Os partidos sustentaram que a eleição de Rui Nené não respeitou os critérios estipulados pelo pacto de transição, nem o acordo politico que rege o período de transição que vigora no país. Em resposta, o então responsável pela CNE afirmou que “a crítica em democracia é normal, desde que seja bem fundamentada”.

Porém, quase um mês depois, Rui Nené em carta dirigida ao Conselho Superior da Magistratura Judicial escreve que decidiu renunciar ao cargo de presidente da CNE por julgar que a sua nomeação pode pôr em causa “a desenhada estabilidade e paz” no país.

No entanto, o magistrado apresentou ainda hoje a sua candidatura para a eleição de vice-presidente do  Supremo tribunal de Justiça que deverá ter lugar no próximo dia 16 de Janeiro.

Correspondência Guiné-Bissau

04/01/2013

Ouvir (01:30)

Com a colaboração do nosso correspondente em Bissau, Mussa Baldé.

via Presidente da CNE da Guiné Bissau apresenta demissão – Guiné-Bissau – RFI.

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s