Guiné-Bissau, 2011, de Ana Vaz Milheiro | BUALA – cultura contemporânea africana

Lançamento do livro “Guiné-Bissau, 2011” no Clube Português de Artes e Ideias, Lisboa

A colecção “Viagens” procura construir um mapa afectivo de viagens singulares realizadas por personagens reconhecidas da cultura arquitectónica portuguesa. Um roteiro pelos vários continentes, mas também pelo universo dos autores.

Ana Vaz Milheiro foi à Guiné-Bissau à procura da arquitectura do Estado Novo. No âmbito do projecto de investigação “Os Gabinetes Coloniais de Urbanização – Cultura e Prática Arquitectónica”, viajou na companhia de Eduardo Costa Dias, sociólogo e visita constante na Guiné desde a independência, e Paulo Tormenta Pinto, arquitecto. Até ao desembarque, a imagem que Ana Vaz Milheiro tinha da Guiné-Bissau baseava-se nas pesquisas documentais, iniciadas três anos antes, recolhidas em livros e opúsculos, desenhos, projectos e documentos. Do cruzamento das imagens dos edifícios com os projectos arquivados em Lisboa saíram as primeiras “narrativas” sobre Bissau. Faltava o confronto com a cidade “real”.

O lançamento do livro «Guiné-Bissau, 2011», edição Circo de Ideias, terá lugar no Clube Português de Artes e Ideias (17 de Novembro de 2012, Sábado, 19:00) através de uma apresentação de Ana Vaz Milheiro em torno das imagens da viagem.

via Guiné-Bissau, 2011, de Ana Vaz Milheiro | BUALA – cultura contemporânea africana.

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s