Ditadura do Consenso: Manhã violenta em Bissau

Testemunhas ouvidas esta manhã pela AFP deram conta de uma troca de tiros num quartel de uma unidade de elite do Exército da Guiné-Bissau, os “Boinas Vermelhas”, a qual fica situada junto ao aeroporto de Bissau.A agência noticiosa francesa fala em pelo menosseis mortos.

O tiroteio terá demorado uma hora e eclodiu, alegadamente, quando um grupo de homens armados tomou de assalto o quartel militar às 04.00 (03.00 em Lisboa). O assalto terá falhado e os homens puseram-se em fuga, disseram as mesmas testemunhas que foram ouvidas pela AFP em Bissau. Não é certo, para já, qual o número total de vítimas, mas a AFP avança com pelo menos seis mortos, entre os quais cinco são os assaltantes. A sexta vítima mortal é um dos guardas que estava à porta do quartel.

O jornalista desta agência noticiosa francesa diz que, apesar de a tensão andar no ar nas imediações da caserna militar atacada, a situação parecia estar calma hoje de manhã na capital guineense. Não foi avançada ainda qualquer informação oficial sobre a origem e motivações dos assaltantes, mas, lembra a AFP, a recente promoção de alguns militares suscitou a cólera dos que não foram promovidos, segundo observadores atentos da realidade guineense

via Ditadura do Consenso: Manhã violenta em Bissau.

7 comments

  1. tem que haver a intervenção militar muito urgentemente possível!porque parece que nós somos mais do que macacos.já mais não há espaço para o diálogo,nunca mais.o principal factor instabilizador da guiné desde conflito político militar 7 de junho de 1998 até a morte das figuras públicas é o falso doutor Kumba Yalá!

      1. era bon pa guiniensses continua ta dinusia e ptipo de guintes ki kada dia i ta farta se arus ita lanta i pega armas so pa n comoda bobis ma m miste pa todu guintes ten coragem pa conta autores talves i ta borgunho ma so tambe m misti purgunta sera ki tudo e guintes ki matado na guine bissau i so e omi koumba iala ki mata e lis heldre proensa natado te goce bu ka conta mundo kin ki autor baciro dabo matado fautino mbali cortado dedo tito abna matado bu kala roberto frera cacheu te goce se familha meste face funeral abo suma busebi de cuma koumba ki ta face tudu cusa na guine bu ka conta familha de roberto pa epude cebi ndeki corpo de se familha sta nel

  2. Dve haver a intervencao de militares das Nacoes Unidas, CPLP, Uniao Africana, Uniao Europeia para poder estancar abuso dos militares a todos os niveis.
    Tambem enquanto Kumba Yala esta em Bissau a Guine não pode avancar.

  3. Deve ser feita um Recrutamento de raiz feita por Nações Unidas para podemos ter uma Forças armadas que tem uma mentalidade deferente destas deve ser Defensor da Pátria como o Amilcar Cabral sonhava, assim as crianças deixam de chorar!

  4. Não há motivos de enviar forças internacional a Guiné-Bissau porque nos não estámos em guerra, há politicos nacionais e internacionais incorpurado nas grandes organização que são lobos vestidos de ovelhas, que parece que tudo que tinham a ganhar com o governo derrrubado, está perdido, e agora o objetivo é desaestablizar o pais, a todo custo, quanto a portugal tenho somente a dizer que tarde que seja vão pedir desculpa a guiné-bissau, por tudo que tinham feito,

  5. Acho que é chegada a hora de deixarmos os preconceitos étnicos e tribais para encarar a realidade tal e qual nos se afigura. Dizer que Koumba Yalá é culpado de tudo quanto aconteceu neste país é demostração da mais vil e profunda ignorância da realidade guineense. Por mais violento que este homem fosse, jamais mataria a sangue frio, quatro jovens do seu partido, como o foi em 2005.
    Então se esta afirmação fosse verdade, Koumba Yala seria verdadeiro dono deste país porquanto a ele caberia o poder de decidir se o povo da Guiné-Bissau vive ou não em paz.

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s