Novas da Guiné Bissau: Presidente da Costa do Marfim vai pedir reconhecimento internacional do governo Ilegítimo de transição

Presidente da Costa do Marfim vai pedir reconhecimento internacional do governo Ilegítimo de transição

Abidjan – O presidente interino da Guiné-Bissau, Manuel Serifo Nhamadjo, discutiu em Abidjan com o presidente ivoiriense (Costa do Marfim) e presidente em exercício da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (Cedeao), Alassane Ouattara, o apoio da organização regional para o êxito da transição no seu país.

Durante um briefing conjunto diante da imprensa, no termo de uma audiência à porta fechada, terça-feira (18), na capital ivoiriense, o presidente Ouattara indicou que, na próxima Assembleia Geral da ONU, vai defender o reconhecimento do Governo interino bissau-guineense.

“A mensagem que gostaria de lançar a todos os países membros da ONU é pedir que o governo do presidente interino seja aceite e reconhecido por todos”, disse Ouattara.

“É um Governo saído de discussões no seio de uma maioria da classe política. As discussões estão em curso para que toda a classe política se associe a este Governo e apoie o presidente Nhamadjo para que as coisas possam avançar”, acrescentou.

Agradecendo à Cedeao pelo seu apoio ao êxito da transição no seu país, o presidente Nhamadjo sublinhou estar a trabalhar com esta organização e todos os parceiros internacionais numa grande agenda de transição para eleições pacíficas, transparentes e para que o seu país encontre o caminho do desenvolvimento.

Umas preguntas ao senhor Alassane Ouattara from Novas da Guiné Bissau

ONU

O presidente interino da Guiné-Bissau, Manuel Serifo Nhamadjo, anunciou que irá a Nova York, para a assembleia geral das Nações Unidas, onde pretende fazer ouvir os seus pontos de vista. Manuel Serifo Nhamadjo disse ter sido convidado por Johhnie Carson, secretário de Estado adjunto norte-americano para os assuntos africanos.

Em Nova York já se encontra o presidente interino deposto da Guiné Bissau, Raimundo Pereira. Também o primeiro-ministro derrubado pelo golpe de Estado de 12 de abirl, Carlos Gomes Júnior, anunciou que irá esta semana à sede da União Africana, em Addis Abeba, viajando sem seguida para Nova York.

via Novas da Guiné Bissau: Presidente da Costa do Marfim vai pedir reconhecimento internacional do governo Ilegítimo de transição.

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s