Movimento Ação Cidadã: Semana dedicada à expressão cultural na conquista da liberdade

Ao longo do percurso da luta para a libertação da Guiné-Bissau, a resistência cultural foi uma das dimensões determinantes em impor-se ao domínio do invasor. Este processo, demonstrou a importância do valor da cultura como elemento de resistência ao domínio estrangeiro, manifestando-se vigorosamente no plano ideológico ou idealista. A cultura surge então como um bem crescente e eticamente responsável no processo de Libertação. Assim, os artistas guineenses cantaram a paz durante a guerra e o cansaço em tempos de “mortundade”. (…)  Várias manifestações culturais demonstraram a crueldade e a repugnância da guerra, e o exemplo gritante dessas crueldades são transcritas nas músicas como “ke ki mininu na tchora” de José Carlos Schwarz, onde o artista manifesta o repúdio pelo “ sangui ki kansa odja”.
 Eis a edição nº 13 da cidadania ativa, que durante o mês de Setembro, será dedicado exclusivamente com a reflexão sobre o sentido da nossa indepedência nacional hoje e sempre. Todas as quintas feiras, acompanhe e participe na rádio Bombolom FM (106.2 Mhz), das 17h00-18h15. para mais informação ver em: acaocidadao2012.blogspot.com.

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s