Contra-golpe no horizonte? « pasmalu

A situação no nosso país parece entrar, neste mês, numa trajectória decisiva face à situação criada com o golpe de 12 de Abril. Para dias 13 e 14 está marcada para Nova Iorque a reunião alargada a todas as partes interessadas no processo guineense, isto é, ONU, União Europeia, CEDEAO e CPLP.

O blogue a Ditadura do Consenso avança, num post hoje publicado que “o objectivo é o de definir um modelo de coordenação de acompanhamento do processo e adoptar o respectivo roteiro”. A página de António Aly Silva, refere que “entre as ideias chave em que se inspirará o roteiro para a paz e estabilização da Guiné-Bissau avultam a reestruturação das Forças Armadas e de segurança e melhorias no funcionamento do sistema judiciário. É admitida a possibilidade de integrar temporariamente no corpo de juízes magistrados contratados em Portugal ou Brasil.

A reunião de Nova Iorque, da qual temos vindo a falar, e que tem preocupado o “governo”, pelo afastamento provável dos seus membros do Poder, quer relegando-os para lugares subalternos ou excluindo-os definitivamente, apresenta-se como o obstáculo maior ao “executivo” liderado por Rui Barros, mas sobretudo aos anseios dos narcotraficantes. É bom relembrar que a real questão é o Narcotráfico e a implicação da estrutura militar guineense. O resto são questões menores.

Uma solução definitiva e duradoura para a Guiné-Bissau tem de passar sempre pelo afastamento desta estrutura militar corrupta, que nos tem martirizado desde há anos, e a sua substituição por uma instituição militar verdadeiramente republicana, tal como a idealizou Amílcar Cabral. Resta saber se a comunidade internacional realmente o quer, se não continuamos a assistir a jogos entre espaços linguísticos (Francofonia/Lusofonia), com a França a ter um discurso nas Nações Unidas, mas depois no terreno, a apoiar os faltosos, através da suas peças no terreno, isto é, na CEDEAO, com a conivência dos Estados Unidos.

A ida de Serifo Nhamadjo ao Irão enfureceu os Estados Unidos, como foi nítido nas declarações do representante da embaixada norte-americana em Dakar, após o encontro com o novo “procurador-geral da república”, e que por certo se terá agravado com as declarações de Nhamadjo, à chegada da Conferência dos Não Alinhados, de que o Irão abriu uma linha de crédito de 16 milhões de euros para a Guiné-Bissau.

Nhamadjo tão desesperado estava em encontrar alternativas ao corte anunciado de dinheiros para a função pública, por parte da CEDEAO, que se esqueceu que tal solução significa cair nas más-graças dos Estados Unidos (e provavelmente da França), dois dos países com assento permanente no Conselho de Segurança das Nações Unidas e com direito de veto. Dois países que apostaram erradamente no caso guineense, mas que não gostam de perder.

A sorte de Rui Barros e da sua equipa, pode ser, ironia do destino, a sua própria desgraça. Indjai pode ter alguma razão quanto à probabilidade de um contra-golpe, claro que não organizado pelo Cadogo, mas por Bubo Na Tchuto, o regressado.

Bubo é indiscutivelmente um homem de Kumba Ialá: Recordam-se! Quem deu a senha do golpe? Nem mais! Kumba Ialá. As ligações de figuras do PRS ao narcotráfico são conhecidas, e aqui mesmo, por nós denunciadas. Por isso não será de estranhar se nos próximos dias, antes da reunião de Nova Iorque, ocorrer mais um. Basta os interesses do Narcotráfico o ditarem. Aí, volta tudo à estaca zero, mas só para nós, os guineenses. Para o Narcotráfico coninuar-se-á no melhor dos países…

Fontes: http://ditaduradoconsenso.blogspot.pt/2012/09/novo-governo-e-alargamento-cplp-de.html

http://expresso.sapo.pt/guine-bissau-irao-abre-linha-de-credito-de-16-me-diz-presidente-de-transicao=f751060

via Contra-golpe no horizonte? « pasmalu.

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s