Novas da Guiné Bissau: POP proíbe circulação de viaturas sem matrículas e com vidros fumados

Bissau, (ANG) – Viaturas sem ou com matriculas estrangeiras e as com vidros fumados vão, dentro de uma semana, deixar de circular na via pública, soube-se hoje de um comunicado do Comissariado da Policia de Ordem Publica.

De acordo com o mesmo documento, a que Agência de Noticias da Guiné-ANG teve acesso, viaturas na primeira condição serão interceptadas pelas autoridades para regularizarem suas situações daqui a 5 dias, enquanto que as que possuem vidros escuros o prazo limite estabelecido é de 7 dias.

“O uso de e circulação de veículos com vidros escuros só é permitido por entidades ou instituições devidamente autorizadas”, esclarece a nota que adianta que carros com vidros escuros de origem serão objectos de análise.

O Comissariado da POP disse estar preocupado com a proliferação de viaturas com vidros escuros, sem matrículas e viaturas com matrículas estrangeiras a circular em território nacional.

Tais comportamentos, segundo o comunicado, dificultam os serviços de trânsito no controle do tráfico rodoviário e a Ordem Publica na prevenção e combate a criminalidade e outros actos ilícitos.

“Pois se aproveitam deste facto para realizar acções criminosas, tais como, assaltos a mão armada, tráfico de substâncias proibidas e outros tipos de crimes violentos pondo em causa o bom-nome e prestígio das nossas Instituições”, justifica o comunicado

via Novas da Guiné Bissau: POP proíbe circulação de viaturas sem matrículas e com vidros fumados.

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s