pasmalu: Baralhar e fica o mesmo (segunda transição em preparação)

Com a cimeira internacional sobre a Guiné-Bissau no horizonte, para resolver a situação no país, surgiu agora a informação, publicada no Novo Jornal, de Angola, na sua edição de hoje, de que está em preparação uma segunda transição.

Por essa razão, está em Lisboa uma delegação do PAIGC, para negociar com Carlos Gomes junior uma solução política. Segundo o artigo, assinado, pelo jornalista Fernando Lopes Pereira,  “fica fora a hipótese do regresso de Carlos Gomes Junior ao posto de primeiro-ministro”.

Embora não seja muito clara “a posição da cúpula castrense”, isto é de António Indjai, “consta que ela não é hostil ao regresso do paigc à ribalta, desde que possa manter intacta a sua influência”, estando “assente que deve ser uma figura de consenso, tanto no seio do PAIGC, como fora dele”.

A “resolução deste problema – escreve o jornalista – “pode implicar a renúncia de Raimundo Pereira ao seu mandato parlamentar, o que não parece tão evidente: O seu 1º vice é Serifo Nhamadjo, o novo Presidente de transição”.

Face a isto, não é preciso dizer mais. Segunda transição para quê?. Como os golpistas sabem que,  com a conferência internacional a realizar-se, vão ser afastados do processo, propõem esta manobra. Legitimar Nhamadjo como chefe de Estado “reconhecido” pelas partes, e como tal internacionalmente, para se manterem  dentro do processo. Devem achar que os dirigentes do PAIGC, comunidade internacional e ONU, são todos uns parvos.

via pasmalu.

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s