AGOSTINHO CÁ e EDGAR IÉ – Cá e Ié: diamantes da Guiné-Bissau para o Barça – Maisfutebol.iol.pt

Agostinho Cá e Edgar Ié foram oficializados como reforços do Barcelona, apostas de médio prazo em diamantes oriundos da Guiné-Bissau e trabalhados na Academia de Alcochete. O Sporting negociou o passe dos dois jovens de 18 anos.

Barcelona: Cá e Ié assinam por quatro épocas

Cá e Ié vão integrar a equipa B do Barcelona, com cláusulas de rescisão de 12 milhões de euros. Se chegarem à equipa principal, passam a ser protegidos por cláusulas de 30 milhões. De repente, cresceu a curiosidade em torno destes dois nomes.

Odiquir Agostinho Cá nasceu a 24 de julho de 1993 (fará 19 anos na próxima semana), em Bissau. Rumou a Portugal tal como vários jovens do seu país, seguindo um percurso que já levou Toni Brito ao Liverpool, Mesca ao Chelsea, Francisco Júnior ao Manchester City, etc.

Médio de grande capacidade físicas, aliás um dos principais atrativos em jovens oriundos da diáspora, Agostinho Cá passou pela Associação Desportiva de Oeiras em 2008/09. Logo depois, rumou aos juvenis do Sporting, progredindo nos escalões de formação até 2012.

Apelidado de Deschamps face ao seu enorme potencial, o médio foi atraindo o interesse de gigantes europeus e esteve em negociações avançadas com o Inter de Milão. O empresário Paulo Rodrigues assumiu isso mesmo em maio.

Agostinho Cá tem nacionalidade portuguesa e representa a seleção lusa. Aliás, esteve no Campeonato da Europa de sub-19, este ano, sendo titular nos dois primeiros encontros. Ficou no banco durante a sofrível derrota frente à Grécia.

O Sporting viu-se obrigado a negociar o passe do jogador, uma vez que o contrato de Agostinho Cá terminava em 2013. A cláusula de rescisão estava fixada nos 20 milhões de euros. Saiu por cerca de 1,5 milhões.

Ié, tal como Cá

O Barcelona contratou ainda Edgar Ié. O clube catalão tirou partido das relações com o Sporting, estreitadas no momento da mudança de Jéffren para Alvalade. Edgar Ié tem um percurso semelhante a Agostinho Cá, sendo ligeiramente mais novo.

Defesa polivalente, podendo jogar à direita mas sobretudo no centro, Ié tem um irmão (Edilino) nos juniores do Sporting. Chegou a Barcelona de muletas, devido a lesão.

Nascido a 1 de maio de 1994 (fez recentemente 18 anos) na Guiné-Bissau, Edgar Miguel Ié apareceu na União Desportiva Internacional de Bissau. Como Agostinho Cá, veio para Portugal com uma perspetiva de carreira na Europa e, como Cá, passou uma época na Associação Desportiva de Oeiras antes de rumar a Alcochete.

O reforço do Barcelona esteve no Sporting entre 2008 e 2012, destacando-se como tantos outros no Torneio NextGen Series 2011/12. Os leões bateram por duas vezes o Liverpool, com Edgar Ié a marcar o primeiro tento na goleada por 5-1. Nos quartos-de-final da prova, a formação portuguesa foi infeliz perante o Inter de Milão (0-1). Contudo, os tubarões europeus já estavam em cima dos diamantes do Sporting.

Agora, o Barcelona resgata Agostinho Cá e Edgar Ié. A seleção sub-19 de Portugal disputou o Europeu com um onze dominado pelos produtos de Alcochete.

Pelo meio, nota-se uma crescente procura por jovens da Guiné-Bissau e outras antigas colónias (com as habituais suspeitas de irregularidades na documentação, não provadas). O empresário Cátio Baldé está particularmente ativo nessa ponte. Uma tendência para seguir com atenção.

via AGOSTINHO CÁ e EDGAR IÉ – Cá e Ié: diamantes da Guiné-Bissau para o Barça – Maisfutebol.iol.pt.

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s