Crises na Guiné-Bissau e no Mali dominam 41ª Cimeira da CEDEAO

Abuja – A situação política na Guiné-Bissau e a crise político-militar no Mali vão dominar as discussões durante a 41ª Cimeira Ordinária da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), que decorre nesta sexta-feira em Yamoussoukro, na Côte d´Ivoire, indicou a Comissão da organização sub-regional num comunicado.

A Comissão declarou que durante esta cimeira os chefes de Estado serão informados sobre o estado atual da mediação na crise maliana pelo Presidente burkinabe, Blaise Compaoré, medianeiro designado pelos líderes regionais após o golpe de Estado de 22 de março que destituiu o Presidente Amadou Toumani Touré.

Os dirigentes serão igualmente informados pelo presidente do Grupo de Contacto Regional sobre a Guiné-Bissau sobre os desenvolvimentos neste país, onde os soldados frustaram o processo democrático ao tomar o poder pelas armas a 12 de abril.

Os dirigentes oeste-africanos que participam na cimeira vão abordar igualmente, entre outros, os relatórios do presidente da Comissão da CEDEAO, Kadré Ouédraogo Desiré, sobre a situação no Mali e na Guiné Bissau.

Na agenda da cimeira figura igualmente a tomada de posse de Kadré Ouédraogo, que iniciou a sua função como presidente da Comissão da CEDEAO em março passado.

via Crises na Guiné-Bissau e no Mali dominam 41ª Cimeira da CEDEAO.

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s