Segundo avião transporta mais militares e material de missão angolana

Bissau, 06 jun (Lusa) – Quinze militares angolanos que faziam parte da missão na Guiné-Bissau (Missang) deixaram na tarde de hoje o país, na sequência do fim da cooperação angolana, constatou a Lusa.

Depois de na manhã de hoje um avião de carga Ilyushin ter levado de volta a Angola material militar e soldados, durante a tarde aterrou outro avião idêntico (de carga, fabrico russo), que transportou duas viaturas e mais 15 sargentos.

Para quinta-feira estão previstos mais três voos, para transportar militares e material, devendo a operação de retirada da Missang ser concluída na sexta-feira.

Angola enviou também um navio, que está ancorado no porto de Bissau também já carregado com material militar. A partida do navio, segundo fonte oficial, está prevista para quinta-feira às 13:00, devendo chegar a Angola 10 dias depois.

Angola decidiu acabar com a Missang na sequência de atritos com as hierarquias militares da Guiné-Bissau.

A saída dos militares e material angolano foi observada por forças de segurança da Guiné-Bissau e pela força da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), que será constituída por mais de 600 elementos e que tem estado a chegar à Guiné-Bissau.

A Missang, missão técnica de apoio à reforma do setor de defesa e segurança da Guiné-Bissau, era constituída por cerca de 200 elementos.

FP.

via PÁGINA GLOBAL: GUINÉ-BISSAU: COMPACTO DE NOTÍCIAS.

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s