Quintas de debate: INTELECTUAIS GUINEENSES PUBLICAM MANIFESTO FACE À INSTABILIDADE DO PAÍS

MANIFESTO DOS INTELECTUAIS GUINEENSES FACE À PERMANENTE INSTABILIDADE DO PAÍS

1. Preocupados com a situação de permanente instabilidade político-governativa em que a Guiné-Bissau foi forçada a viver desde praticamente a conquista da sua independência política, há quase quarenta anos;

2. Conscientes de que qualquer país em condições de instabilidade crónica, como a que se instalou na Guiné-Bissau, jamais poderá atingir qualquer objectivo de desenvolvimento e a consequente melhoria das condições de vida da esmagadora maioria da população, particularmente os mais desfavorecidos;

3. Considerando que é uma situação que tem vindo a colocar o País ano após ano entre os últimos do mundo em termos de índice de desenvolvimento humano, apesar do seu grande potencial em termos de recursos;

4. Tendo em conta que até este momento não se vislumbra nenhum caminho credível que possa conduzir o País a uma estabilidade duradoura, facto que foi confirmado com o último golpe militar do dia 12 de Abril e com a recente imposição pela CEDEAO de soluções externas que, ao nosso ver, não têm nada a ver com as disposições legais da Guiné-Bissau nem vão contribuir para fazer vencer a democracia no país;

5. Considerando a necessidade que todos os cidadãos têm de fazer valer os seus direitos e deveres no contexto das democracias do mundo contemporâneo, e tendo sido muitas vezes chamados a desempenhar funções técnicas e políticas relevantes;

6. Tendo tudo isso em consideração:

Um grupo de intelectuais guineenses decidiram juntar a sua voz a milhares de outros guineenses e amigos da Guiné-Bissau que querem dizer basta à desordem, basta à violência, é chegado o momento de os cidadãos da Guiné-Bissau, como nos outros países, começarem a sentir as suas forças de defesa e segurança como um protector e não como uma ameaça permanente, como tem sido até agora;

7. Você que é intelectual guineense ou amigo da Guiné-Bissau que comunga do mesmo ideal, dentro ou fora do território nacional, junte-se a nós.

Assinaturas:

1. AÍSSA MORAIS REGALLA Bióloga e Investigadora

2. AUGUSTE BIAGUE BTP

3. ALADJE BALDÉ Biólogo e Investigador

4. AMABÉLIA RODRIGUES Epidemiologista e Investigadora em Saúde

5. ANAXORE CARDOSO CASIMIRO Médico

6. ANTÓNIO SOARES LOPES Jornalista e Escritor

7. ANTÓNIO SPENCER EMBALÓ Sociólogo e Investigador

8. ARMINDO FERREIRA Eng.º de Minas

9. AUGUSTA HENRIQUES Assistente Social e Ambientalista

10. BUBACAR TURÉ Jurista e Activista dos Direitos Humanos

11. CARLOS CARDOSO Sociólogo e Investigador

12. CORNÉLIA GIESING Historiadora e Etnóloga

13. DAUTARIN DA COSTA Sociólogo

14. ELIANE VERAS SOARES Socióloga e Professora Universitária

15. FANCENI BALDÉ Nutricionista

16. FERNANDO JORGE PEREIRA Jornalista e Consultor

17. FILOMENA EMBALÓ Economista e Escritora

18. FODÉ ABULAI MANÉ Jurista, investigador e Professor Universitário

19. JUCA DELGADO Músico, Compositor e Produtor

20. LEONILDA NEVES AIMÉ DOS REIS Socióloga

21. LUÍSA HANDEM PIETTE Jurista e Consultora

22. MAMADU JAO Historiador e Investigador

23. MANUEL GOMES MENDONÇA Médico Veterinário

24. MARCELINA LABARE-MONTEIRO Comunicação e Marketing

25. MARIA ODETE COSTA SEMEDO Escritora e Investigadora

26. MARIA PINTO CARDOSO Professora Universitária

27. MIGUEL DE BARROS Sociólogo e Investigador

28. NADINE FERNANDES CRATO CÁ Assistente Social Investigadora

29. NÉLSON CONSTANTINO LOPES Politólogo e Investigador

30. N`BUSSUM MIDANA SAMBU Gestão e Comércio

31. ONDINA FERREIRA Professora de Literatura

32. TERESA MONTENEGRO Psicóloga e Escritora

33. PEDRO FERNANDES QUADÉ Antropólogo e Jornalista

34. RAÚL MENDES FERNANDES Socio-antropólogo e Investigador

35. RICARDINO DUMAS TEIXEIRA Sociólogo e Investigador

36. RUI JORGE SEMEDO Politólogo e Investigador

via Quintas de debate: INTELECTUAIS GUINEENSES PUBLICAM MANIFESTO FACE À INSTABILIDADE DO PAÍS.

Anúncios

8 comments

    1. Aos interessados em subscrever o MANIFESTO DOS INTELECTUAIS GUINEENSES FACE À PERMANENTE INSTABILIDADE DO PAÍS, eis a resposta de seu autor:
      Infelizmente não conseguimos criar o manifesto numa pagina onde as assinaturas podem entrar automaticamente, o que estamos a fazer neste momento é registar todos os pedidos e actualizarmos a partir do blog, http://www.acaocidadao2012.blogspot.com, mas estamos a procura de alternativa para isso.
      No blog está e-mail, a partir do qual recebemos as mensagens…

  1. Repito a pergunta da amiga Inocência Mata: como manifestarmo-nos como vossos apoiantes, amigos da Guiné-Bissau e dos seus cidadaos democratas? Tenho tentado assinar o manifesto, mas nao consigo! Daniel dos Santos, sociologo e professor universitario, Universidade de Ottawa, Canada.

      1. Querida Ana, aguardo a possibilidade de assinar também o manifesto para apoiar os colegas que o publicaram. Muito obrigado, Daniel

      2. Caro Daniel e demais interessados em subscrever o MANIFESTO DOS INTELECTUAIS GUINEENSES FACE À PERMANENTE INSTABILIDADE DO PAÍS, eis a resposta de seu autor:
        Infelizmente não conseguimos criar o manifesto numa pagina onde as assinaturas podem entrar automaticamente, o que estamos a fazer neste momento é registar todos os pedidos e actualizarmos a partir do blog, http://www.acaocidadao2012.blogspot.com, mas estamos a procura de alternativa para isso.
        No blog está e-mail, a partir do qual recebemos as mensagens…
        Abraço,
        Ana

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s