Brasil defende envio de observadores internacionais à Guiné-Bissau | DNOTICIAS.PT

Brasil defende envio de observadores internacionais à Guiné-Bissau

Posição do ministro António Patriota

Actualizado em 18 de Maio, às 06:23

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Antonio Patriota, defendeu ontem o envio de uma missão internacional de observadores para a Guiné-Bissau, para acompanhar a crise política criada com o golpe de Estado de 12 de Abril.

Patriota realçou que não apoia uma intervenção militar na Guiné-Bissau, mas sim o envio de observadores de forma acordada com as autoridades guineenses e com a ONU, o que, adiantou, é também defendido pela União Africana.

Segundo o chefe da diplomacia brasileira, caso o envio de militares nessas condições seja aprovado pelo Conselho de Segurança da ONU, o Brasil poderá considerar a sua participação.

“Não podemos deixar de nos empenhar porque a situação é importante”, afirmou o ministro em São Paulo, durante um seminário organizado pelo jornal ‘Folha de São Paulo’.

Patriota não especificou se apoia a restituição dos governantes depostos pelo golpe militar ou a implantação do governo de transição criado pelo Comando Militar que protagonizou o golpe.

O Ministério das Relações Exteriores refere que a posição do Brasil é a de defesa do diálogo.

via Brasil defende envio de observadores internacionais à Guiné-Bissau | DNOTICIAS.PT.

Advertisements

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s