Guiné Bissau Regime instalado não respeita Estado de Direito porta voz MNE português – Visao.pt

Lisboa, 15 mai (Lusa) — O porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros português disse hoje à Lusa que o regime “instalado” na Guiné-Bissau “não respeita o Estado de Direito” por impedir a saída do país a 58 pessoas, entre as quais membros do Governo deposto.

“Esta atitude de impedir o direito fundamental de circulação tomada pelos autores do golpe militar prova bem, interna e internacionalmente, que o regime instalado em Bissau não respeita elementos básicos do Estado de Direito e que não tem qualquer intenção de estabelecer uma sociedade democrática”, disse à Lusa Miguel Guedes, porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Sobre o apoio dos Estados Unidos à nomeação de Serifo Nhamadjo como presidente interino da Guiné-Bissau, defendida pela Comunidade Económica Estados da África Ocidental e criticada pela CPLP, o porta-voz não fez qualquer comentário

via Guiné Bissau Regime instalado não respeita Estado de Direito porta voz MNE português – Visao.pt.

Anúncios

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s