Ditadura do Consenso: Ich bin ein a berliner

A Alemanha continua a “exigir o regresso à ordem constitucional na Guiné-Bissau e a condenar veementemente o golpe militar” de 12 de abril, disse hoje à Lusa um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros em Berlim. “A nossa posição quanto à Guiné-Bissau mantém-se”, adiantou a mesmo fonte, remetendo para as declarações da secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros alemã, Cornélia Pieper, em comunicado de 13 de abril. No documento, a responsável do executivo germânico condenou “veementemente” o golpe e lamentou que “os desenvolvimentos positivos para estabilizar a democracia na Guiné-Bissau tenham sido interrompidos por este ato inconstitucional e violento”. LUSA

Publicada por António Aly Silva em 11:42

via Ditadura do Consenso: Ich bin ein a berliner.

Anúncios

Deixe aqui o seu comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s