LISBOA, 01 de Setembro de 2014. O ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa, informa que estão abertas até dia 10 de Setembro as inscrições para o Mestrado em Estudos Africanos (MEA), um dos mais antigos e conceituados mestrados nesta área científica no espaço da língua portuguesa, que inicia este ano a sua 23ª edição. Este mestrado tem […]

O INE, Instituto Nacional de Estatística da Guiné-Bissau com o apoio do BAD, Banco Africano para o Desenvolvimento lançou o portal de dados da República da Guiné-Bissau. Disponível em três línguas (português, inglês e francês), este portal é o resultado de um trabalho contínuo de agregação e análise dos dados disponíveis no INE.   http://guineabissau.africadata.org/pt/

Written by: Editorial Team on July 28, 2014.G enerally speaking, Guinea-Bissau is only weakly integrated into global value chains GVCs. With an industrial and commercial fabric that is structurally underdeveloped, the production of goods and services in the country contributes little value added. Industrially, after significant growth in recent years pushed value added in manufacturing […]

Guiné-Bissau: Governo anuncia exportação de 69 mil toneladas de cajuBissau – O Governo da Guiné-Bissau, através do Ministério do Comércio, anunciou ter exportado até esta data 69.377 toneladas de castanha de caju, uma média de 83% da exportação prevista para este ano.Em declarações à PNN, António Serifo Embalo disse que ainda existe um stock nos […]

Petição internacional quer o fim da desflorestação ilegal na Guiné-Bissau Preocupado com o aumento gritante do abate e exportação ilegal de árvores, o Movimento Ação Cidadã lançou a petição online “Parem imediatamente o tráfico ilegal de madeira na Guiné-Bissau”. Toros de madeira na Guiné-Bissau já prontos para a exportação Grande parte dos recursos florestais da […]

Floresta da Guiné-Bissau ameaçada por abate selvagem | Guiné-Bissau | DW.DE | 11.06.2013.

Assine aqui o manifesto. This petition is awaiting approval by the Avaaz Community

INAUGURADA PRIMEIRA FÁBRICA DE SECAR CAJU NA GUINÉ-BISSAU07/06/2014 / OdemocrataGB / No commentsUma empresa portuguesa inaugurou esta sexta-feira, uma fábrica na Guiné-Bissau que vai passar a secar a castanha do caju, principal produto de exportação no país, anunciaram os proprietários.A unidade com capacidade de secar 50 toneladas por dia é um investimento da empresa portuguesa […]

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 55 outros seguidores